Visita aos jardins do Palácio Nacional de Queluz

No fim de semana passado fui visitar o Palácio Nacional de Queluz, de manhã. Não havia muita gente, talvez por ser de manhã, o que para mim, tornou a visita muito mais agradável. Muitos dos espaços do jardim estavam desertos e eu gosto tanto de apreciar assim os lugares onde vou, sem muita gente! Mas, não se iludam, à hora que saí, por volta da hora do almoço, já havia muito mais visitantes. As visitas são das 9 às 19 horas, até ao final de Outubro.

Não visitei o interior, andei só pelos jardins e gostei imenso. Vale a visita e os € 5,00 de entrada que paguei, no caso da visita também ao interior a entrada custa € 10,00. Se a compra for feita online as entradas beneficiam de um desconto de 5%. De referir que, ao Domingo, os moradores não pagam entrada. 

Uma pequena nota, o Jardim de Malta, está a ser restaurado e não vi informação acerca da previsão de final do restauro.

Pode ler-se o seguinte excerto na apresentação deste Palácio:

“O Palácio Nacional de Queluz e os seus jardins históricos constituem um dos exemplos mais extraordinários da ligação harmoniosa entre paisagem e arquitectura palaciana em Portugal.
Ilustram a evolução do gosto da Corte nos séculos XVIII e XIX, período marcado pelo barroco, o rococó e o neoclassicismo.
Mandado construir em 1747 pelo futuro D. Pedro III, consorte de D. Maria I, o Palácio de Queluz foi inicialmente concebido como residência de verão, tornando-se espaço privilegiado de lazer e entretenimento da Família Real, que o habitou em permanência de 1794 até à partida para o Brasil, em 1807, na sequência das invasões francesas.”

Mais informações aqui

E, agora, deixo o registo fotográfico que fiz do exterior do Palácio:

Canal de azulejos, onde passa a Ribeira do Jamor:

Palácio Nacional de Queluz

Jardim Botânico

Jardim Botânico

Jardim Botânico

Jardim Botânico

Jardim Botânico

Jardim Botânico

Novamente pelos Jardins

Jardins do Palácio

Jardins do Palácio

Nestas portas eram as jaulas das feras onde eram mantidos em cativeiro leoas, tigres e macacos.

A cafetaria, espaço agradável e refrescante, principalmente em dias de calor 🙂

De regresso ao Palácio, depois de ir visitar a cascata, que estando seca não teve direito a registo fotográfico 😉

No percurso de saída, as portas magníficas e a decoração do Palácio

Interior do palácio

Interior do Palácio

À saída, o exterior do Palácio

Espero que tenham gostado e voltem sempre. Obrigada.

Share

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
Skip to toolbar